Como trafegar com segurança em casos de alagamentos

Alessandra Bernardo

Basta uma hora de chuva e já sabemos o que teremos que enfrentar nas ruas das grandes cidades: alagamentos e enchentes. E, como era de se esperar, vários relatos de ruas cheias e trânsito caótico nas principais vias da cidade. Além do sofrer com os transtornos no trânsito, os motoristas precisam tomar alguns cuidados na hora de trafegar com o carro em uma situação dessas. Pensando nisso, reunimos algumas dicas com o Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi) sobre como evitar estragos no seu carro em dias chuvosos.

A principal medida de segurança nestes casos é evitar enfrentar a área alagada, principalmente se você não conhecer o local. Isso porque pode ser que a área apresente buracos, bocas de lobo e baixas no terreno que podem colocá-lo ainda mais em perigo. Se você puder, procure ruas sem excedente de água para transitar. Não enfrente o alagamento se o nível da água estiver acima do centro da roda. Mas, se não há como escapar da enchente, então dirija em velocidade baixa. Isso evita que o nível d’água atinja o motor, causando prejuízos mais tarde.

Durante a travessia, se o carro apresentar “sintomas” como avisos sonoros; variação das luzes no painel de instrumentos; aumento do esforço ao o girar o volante – em carros com direção hidráulica; luzes de injeção eletrônica, bateria e freios ABS acesas e aumento de esforço para acionar os freios, mantenha a calma. Isso tudo pode ser causado pela perda de aderência entre a correia auxiliar e as polias da bomba de direção hidráulica, alternador e bomba de vácuo (veículos a diesel). Aqui, a dica é redobrar a atenção e manter o menor número possível de equipamentos ligados.

Mas, se o motor não resistiu e morreu durante a travessia da área alagada, o jeito é desligar o veículo e removê-lo até uma oficina. Isso impede a entrada de água na câmara de combustão, que quebra os componentes internos e traz prejuízos ao bolso, já que o reparo do motor costuma sair caro.

Marcha manual em veículos com transmissão automática

Se o seu carro possui transmissão automática e você tiver que enfrentar um alagamento, troque as marchas manualmente, selecionando a posição “1”. Agindo assim, o veículo se movimenta em velocidade baixa, o que torna possível manter  o motor em uma rotação maior. Outra dica é alternar a troca de marchas manualmente entre “N” e “1”, mantendo a velocidade baixa e a rotação do motor em 2.500 RPM durante a travessia do trecho alagado.

Check-up sempre

Se você mora em áreas que alagam constantemente, é recomendável uma limpeza do sistema de ventilação, para evitar a contaminação por fungos, bactérias e outros microorganismos. Além disso, faça check-ups regulares, mesmo que seu veículo não apresente problemas aparentes. Muitas vezes, os problemas demoram um pouco para aparecer e, nestes casos, um reparo sempre será mais caro. E boa sorte.

Anúncios

2 responses to this post.

  1. Posted by Denise on 09/03/2012 at 23:38

    Adorei o post!
    Confesso que, ante a baita chuva que caiu hoje em Natal, e a qual tive de enfrentar, não pude deixar de pensar numa série “Como trafegar em segurança em caso de alagamentos – parte 2 – a saga dos pedestres e passageiros de ônibus”…hehehehehe
    Beijos!

    Responder

    • Proposta interessante!!!! =D Quer inaugurar???? envie seu relato de sofrimento para publicarmos… colaboradores inteligentes e criativos com você são sempre bem-vindos…rsrsrs

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: