Chocolate amargo evita infarto

Alessandra Bernardo

Enfim, uma ótima notícia para quem gosta de chocolate amargo. Um estudo feito pela Universidade de Monash, na Austrália, confirmou que comer cem gramas diárias de chocolate com 70% de cacau ajuda a prevenir infartos. A quantidade é suficiente para evitar 70 ataques cardíacos mortais e 15 de menor intensidade em cada cem mil habitantes que apresentem risco de doença cardíaca.

Isso porque o chocolate amargo é rico em flavonóides, que  são antioxidantes naturais de alto poder que limitam o estresse, tão comum na correria do dia-a-dia. Além disso, também diminuem o risco de doenças cardiovasculares, cânceres e outras doenças graves, que podem levar uma pessoa à morte.

Conforme a pesquisadora Ella Zomer, que comandou o estudo, o chocolate amargo ou escuro, como também é chamado, pode ser uma alternativa ou um complemento aos tratamentos médicos de pessoas que apresentam alto risco de sofrer alguma doença cardiovascular. Estudos anteriores, feitos em outras partes do mundo, já haviam comprovado os efeitos positivos e poderosos do chocolate amargo para a saúde.

Um deles revelou que, se somarmos o consumo de chocolate amargo ou escuro e a prática de exercícios físicos, podemos estimular a memória. Isso tudo por causa da epicatequina, uma substância encontrada no cacau. Outro mostrou que um consumo diário de 45 gramas é o suficiente para reduzir os sintomas da síndrome de fadiga crônica, caracterizada pelo cansaço generalizado.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: